'Não levem flores': protetora pede doação de ração em seu velório

A protetora de animais Ana Rita Negrini Hermes, fundadora da Frente de Ação pelos Direitos Animais (FRADA), manifestou um desejo antes de morrer. Seu último pedido foi para que os amigos não levassem flores a seu velório, mas que doassem ração para os bichinhos mantidos por sua Associação.

A protetora Ana Rita Negrini Hermes faz uma declaração de amor aos animais ao pedir que amigos levassem ração a seu velório. Um magnânimo gesto de amor. (Foto: Frada - Frente de Ação pelos Direitos Animais / Facebook)

A Frente de Ação pelos Direitos Animais (FRADA), organização sediada em Joinville (SC), notificou o falecimento de sua fundadora, a protetora e ativista pelos direitos animais, Ana Rita Negrini Hermes, que foi a óbito na madrugada desta terça-feira (09). A protetora estava em tratamento contra um câncer, há vários anos.


O último pedido da protetora Ana Rita foi para que as pessoas não levassem flores a seu velório, mas sim ração para alimentar os animais carentes que são assistidos por sua Associação. O ato benevolente da protetora demonstra quão grande era o seu amor pelos animais.


A Frada é uma associação sem fins lucrativos que luta pelos direitos dos animais no município Joinville (SC). Criando campanhas, eventos comunitários e materiais educativos, entre outras ações, a Associação expõe questões como saúde animal, abandono e maus-tratos e insere esses assuntos na pauta de discussão na cidade catarinense.


Em 2009, Ana Rita Negrini Hermes funda a Frente de Ação pelos Direitos Animais (FRADA) e, em 2016, foi eleita vereadora da cidade de Joinville. Sua carreira política foi focada em proteger os direitos dos animais, mas sem se esquecer dos seres humanos. Ela teve participação na criação do Centro de Bem-Estar Animal e ajudou no projeto de distribuir fichas de castração.


Outros marcos de sua carreira política foram a proibição de animais de tração nas periferias da cidade, a mudança do termo “dono” para “tutor” de animais e a inclusão da matéria de Direitos dos Animais nas escolas. Sua carreira política, como vereadora em Joinville, transcorreu de 2017 a 2020.


Venha ajudar a APIPA! Falta RAÇÃO e demais itens básicos para manutenção do abrigo


Solidarize-se com os animais da APIPA


Solidarize-se com os cães e gatos carentes assistidos pela APIPA. O nosso centro de acolhimento está sempre superlotado, operando com o dobro de sua capacidade, sendo necessário que se faça coletas diárias de doações de ração, material de limpeza, medicamentos veterinários e jornais. Um dia de consumo de ração no abrigo equivale a 25 kg para os cães adultos e entre 12 e 15 kg para os gatos, sem contar os filhotes. Para fazer a higienização do abrigo, usamos diariamente 5 litros de desinfetante e 5 litros de detergente, além de muito saco de lixo, esponjas, vassouras e rodos. O amigo interessado em ajudar pode entregar os donativos diretamente na sede da Entidade, ou ainda, se preferir, fazer as doações em dinheiro por meio de depósitos bancários (contas abaixo).



Animais com necessidades especiais precisam de ajuda na APIPA (Facebook)


A protetora Isabel Moura, que é uma das fundadoras e membro da atual diretoria executiva da APIPA (Associação Piauiense de Proteção e Amor aos Animais), fala um pouco sobre a importância da adoção de animais carentes e o trabalho que a Entidade desenvolve na reabilitação de cães e gatos resgatados em situação de maus-tratos e abandono (vídeo).



Ajude! Cadela atropelada é submetida a cirurgias de emergência


Ajude! Cadelinhas doentes com TVT precisam continuar tratamento


Castrar é preciso: apadrinhe uma castração no abrigo da APIPA


Guarda Responsável de Animais: assumindo uma vida


APIPA registra aumento de 50% nas adoções de animais durante quarentena


Ajude a APIPA quitar dívidas pendentes em clínica veterinária


Como ajudar a APIPA


Existem diversas formas com as quais o amigo pode participar para contribuir com o trabalho assistencial da APIPA. Um modo bem simples e rápido de ajudar é fazer as doações em dinheiro por meio de transferência/depósito bancário (contas abaixo). O amigo também pode fazer doações (online) por meio do PagSeguro. Lembrando que a nossa associação sobrevive unicamente de doações. Não deixe de oferecer a sua solidariedade em prol do bem-estar dos nossos bichinhos carentes. Ajude-nos!


Ajude! APIPA pede que as doações continuem durante pandemia


Pandemia: APIPA sofre com redução de 70% nas DOAÇÕES ao abrigo


Faça a sua doação de ração para cães e gatos:

Ajude! Falta ração para alimentar mais de 300 animais famintos


CONTAS BANCÁRIAS DA APIPA (doações)


CNPJ: 10.216.609/0001-56

  • Banco do Brasil Ag: 3507-6 / CC: 57615-8 Chave Pix: apipa.bbrasil@gmail.com

  • Caixa Econômica Federal Ag: 0855 / Op: 013 / CP: 83090-0 Chave Pix: apipa.cef@gmail.com

  • Banco Santander Ag: 4326 / CC: 13000087-4


Abandono de animais aumenta e APIPA pede ajuda em Teresina


AJUDE os animais carentes do abrigo da APIPA


Com informações de Amo Meu PET

APIPA® - ASSOCIAÇÃO PIAUIENSE DE PROTEÇÃO E AMOR AOS ANIMAIS

CNPJ: 10.216.609/0001-56

BANCO DO BRASIL
Ag: 3507-6 / CC: 57615-8

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL
Ag: 0855 / Op: 013 / CP: 83090-0

BANCO SANTANDER
Ag: 4326 / CC: 13000087-4

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon

contato.apipa@gmail.com

Rua Trinta e Oito, 1041 - Loteamento Vila Uruguai - Bairro Uruguai (6 quadras após a UNINOVAFAPI)

Teresina, PI - CEP 64073-167

COPYRIGHT © 2018

Site criado pela Pix Marketing Digital

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black YouTube Icon